sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Cloud

           http://farm4.static.flickr.com/3139/2570791174_4885e329c2.jpg
Éramos sós
e tudo era mar
em redor.

Espalhando areia
pelos olhos
dos sonhos.

Eu ia refletindo
uma nuvem

Meus olhos e ela,
por ser reflexo,
éramos as únicas coisas verdes
naquele paraíso escurecido.


Mãos dadas
seu sorriso e o meu.



(Jessiely Soares)

4 comentários:

Rosa Mattos disse...

... o poema esconde um terno mistério. ♥

Vim conhecer. Gostei.


{vou seguir} bj

Rart og Grotesk disse...

belo e romântico!!muito bom mesmo!

Passando para conhecer o blog, se quiser, conheça meu blog de arte obscura http://artegrotesca.blogspot.com

Bárbara Queiroz disse...

Belos versos, detentores de uma profundidade humana e lírica.

Maria Júlia Pontes disse...

de um lirismo singular de Jessie que conheço bem!
lindo!
bjos