quinta-feira, 10 de maio de 2012

Pelo horário de Brasília


 


 

00:35
e o mundo continua seu percurso.

Nesse momento meu homem adormece,
minha filha ressona,
minha mãe entoa suas preces e pede ao salvador
para que me guarde:
- e para que proteja, não só a mim,
mas a todos da terra -
como lhe foi ensinado,

A poesia é a escolha das palavras
no melhor ângulo fotográfico.
é a amplitude de seus significados,
suas melhores poses,
seus aquedutos e pontes levadiças,
seus prazeres madrugáveis.

Poesia é o final dos tempos. Névoa.
Nasce em terreno baldio,
entre cacos de vidro
e lagartixas,
frascos secos de desencanto,
mulheres amanhecidas.

Poesia é bule. E gente passando pra lida.
é a maldição atordoada
que vem secando a boca
suturando a ferida.
Essa que não se aprende
em nenhuma sala de aula.

É a entrega do desassossego.
A poesia estava comigo
antes já do meu começo.



(Jessiely Soares)

3 comentários:

Anderson H disse...

Belíssima poesia

Andressa Moraes disse...

Oie, você foi tagueada por mim. Hehe.. Entra ai pra saber mais e responder as perguntas! Beijos. http://rosaachiiclete.blogspot.com.br/2012/10/tag-coisas-sobre-mim-o.html

Pedro Luiz Da Cas Viegas disse...

Este poema é uma definição de poesia das mais belas. Vou seguir este blog.


www.randomatizes.blogspot.com