sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Brevidades.

Desde a sua partida
só o cheiro de relâmpago
ainda espalha seus raios.

A brisa assobia.
E é como se o vento ainda
quisesse me dizer algo...

Eu o espero.


       ~
              ~
                        ~

mas a noite agoniza...
e o vento passa calado.




(Jessiely Soares)

1 comentários:

Rosa Cardoso disse...

Às vezes ele não conta nada apenas assobia uma canção que traz no bico e que ouviu nao sabe onde...nada sério e segue ventando.

Beijo.